sábado, 12 de novembro de 2016

Eu sabia que você seria um problema.


Eu sabia que você seria um problema quando você me chamou aquele dia para conversar além de chamar mais umas outras quinhentas garotas ao mesmo tempo, mas por algum motivo, eu decidi te responder e ser legal com você, af, que droga. Eu sabia que você seria um problema quando você me chamou no dia seguinte para conversar mais uma vez e eu gostei de conversar com você, sua conversinha acabou funcionando mesmo eu sabendo que não se passava de uma conversinha. Eu sabia que você seria um problema quando eu te vi pessoalmente e então não consegui mais tirar os olhos de você, mesmo vendo você com outra e você insistindo que tinha sido só um beijo e nada mais, mas é claro, eu nem ligava mesmo, sua boca sempre foi livre para beijar quem você quisesse. Eu sabia que você seria um problema quando veio me elogiar por coisas muito bobas, mas que eu gostei de ouvir. Eu sabia que você seria um problema quando eu ouvi toda a sua história de vida, achei interessante, te contei a minha também e você ouviu sem me julgar em nada, ao contrário. Eu sabia que você seria um problema quando eu sem querer acabei beijando você uma vez, duas vezes, dois minutos, duas horas. Eu sabia que você seria um problema quando você falou que não conseguia esquecer aquele beijo, mesmo sabendo que você falava isso para outras mil garotas. Eu sabia que você seria um problema quando você começou a amolecer o meu coração de pedra que até então não amolecia por nada e com nada. Eu sabia que você seria um problema quando você passou horas e horas sendo legal demais para ser verdade, mas por algum motivo, aquela sua conversinha deu certo. Eu sabia que você seria um problema quando descobri que o seu beijo era ainda melhor do que eu pensava. Eu sabia que você seria um problema quando, sem querer, você passou a não sair mais da minha cabeça, mas, será que isso também acontece com elas? Isso faz parte do jogo? Não sei, ainda não. Eu sabia que você seria um problema quando você virou, na verdade, a solução do problema. 
E que problemão, hein, to lascada!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisa: